Pedido de Desculpas – Jogo Justo [ou “Aquele post em que a Mara pede perdão por ser tão infantil e intransigente”]

22 set

Caros minna,

Venho por meio desse post pedir perdão a todos vocês a respeito pelo meu post sobre o Jogo Justo. Para você leitor que não faz a menor idéia do que eu tô falando, vou explicar tudo direitinho.

Tudo começou numa árvore sagrada, lutando por nossos sonhos quando eu fiz um post brincando com o Jogo Justo, que, ao contrário do que parece, não é um reality show para escolher um novo juiz de futebol (piada repetida alert!). Na verdade é um projeto sobre diminuição dos impostos para videogames, para que nós, fãs da cultura mais rica, consigamos gastar apenas 1/4 do salário mínimo em jogos de videogame.

Eu peguei no pé do post no blog oficial do projeto porque eles planejam o Dia do Jogo Justo,que é um dia que os produtos estarão sem os impostos nas lojas pra mostrar pro governo do Burajiru que as vendas aumentariam se eles diminuíssem as taxas.

E eu, Mara, zoei um projeto tão legal como esse só porque tava escrito isso no site oficial:

Lógico que com um texto desses eu peguei no pé porque, excetuando o que está grifado, não sobra produto pra ser vendido em tão importante dia. E fiz piada sobre isso. E me arrependo amargamente.

O post foi um sucesso de comentários. Eu acho isso legal? Não, porque os comentários eram discutindo o assunto seriamente. Eu aprovava os imensos comentários dos leitores sem nem ler… até porque a seriedade é uma chatice.

Foi então que surgiu um comentário gigante, do Moacyr, que é o IDEALIZADOR do projeto. Olha que respaldo, heim minna? Ele comentou, através de uma divertida e informativa aula de administração, o projeto e falou que está contra o meu namorado, que tem um R4. Lógico que fiquei brava, né minna? Mexeu com meu kareshi mexeu comigo! E ainda ele falou que não precisa que eu participe do dia do Jogo Justo, porque muitos gamers estão aderindo já. Fiquei furiosa duas vezes, porque eu até assinei o abaixo-assinado na época.

Aí retruquei dizendo que esse blog é de humor, e por isso eu posso fazer piada e desmoralizar o texto mal-escrito dos outros. E, como toda pessoa sempre quer impor a sua opinião, o Moacyr veio até mim, como as criancinhas vieram até Cristo, e colocou uma resposta que calou a minha boca (olha que isso é difícil). IKIMASU ver a resposta, minna:

Peço mil desculpas ao Moacyr por ser desse jeito que eu sou.

Desculpa por ter te criticado. Eu, como dona de um blog, não posso sair criticando os outros. Não é porque você vem até o meu blog me criticar que eu posso criticar o blog do seu tão importante projeto.

E mil desculpas por fazer piada sem a sua permissão, principalmente sobre um assunto tão sério quanto Videogames. Prometo que zombarei de assuntos menos importantes agora no Mais de Oito Mil

…como saúde, educação e segurança. Afinal, agora é permitido por lei zombar de políticos em época de eleição.

***

(@maisdeoitomil)

40 Respostas to “Pedido de Desculpas – Jogo Justo [ou “Aquele post em que a Mara pede perdão por ser tão infantil e intransigente”]”

  1. Wakashimazu 22/09/2010 às 18:26 #

    Sinceramente … mexeu em uma ferida e, a piada pode ser realidade. Ando cada vez mais pé no chão com o Jogo Justo =X

    Porra, não vou poder comprar os jogos de CDZ originais por dois motivos: No Brasil a maioria das lojas NÃO VENDEM jogo original de PS2 e segundo, ele não se enquadra na condiçã0o pro dia sem imposto, enfim … FFFUUUUUUUUUUUUUUUU!!!!

    Curtir

  2. Ryo Hazuki 22/09/2010 às 19:19 #

    principalmente sobre um assunto tão sério quanto Videogames.

    Se uma indústria que é responsável por cerca de 5% do PIB americano, um dos mercados de entretenimento mais lucrativos do mundo não é assunto sério, então o que seria?

    Cinema é assunto sério? Teatro é assunto sério? Música é assunto sério? Porque VIDEOGAME não é?

    São pessoas com esse pensamento medíocre de que games não são coisas sérias que atrasam o desenvolvimento desse mercado aqui no Brasil.

    Acho que pra fazer humor deve se ter conhecimento, se não tem conhecimento pra fazer humor é melhor fechar o blog…ou mudar de foco.

    Curtir

  3. Mithsiel 22/09/2010 às 19:25 #

    Não vejo motivos para pedir desculpas. Se o cara não autoriza humor, ok, vamos falar sério:
    O texto é mal escrito pra porra, e o projeto é a coisa mais fail que já ví na internet. Me diz quando, QUANDO, um político vai votar pra diminuir impostos de algo só porque um bando de nerd deseja? Se até mesmo o projeto Ficha Limpa (que esse sim é de importância para o país) subiu no telhado, o que esse bando tá querendo com um projeto de diminuição de impostos? Posso até calar a minha boa um dia, vendo essa situação mudar, mas penso que no momento atual tem coisa mais importante pra protestar. Enquanto um bando de Nerd tá discutindo por jogos, os fichas sujas estão lá, comemorando a vitória.

    Curtir

  4. DokiDoki 22/09/2010 às 19:49 #

    Vi que alguns banners deste projeto utilizam os logotipos do Playstation, Wii e Xbox 360… Vocês tem autorização para utilizar dessas marcas em suas peças promocionais? quaquaquaqua

    A causa é super bacana, mas não precisam ‘endeusar’. Quando se propõe fazer algo do tipo, tem que se preparar tanto para elogios quanto críticas.

    “não dei permissão para brincarem com um tema tão sério quanto esse…” O que? tem que ter autorização agora? Que papelão! rs

    Curtir

  5. Rina 22/09/2010 às 20:22 #

    eu ADORO como vc consegue dar a volta por cima o/
    Infelizmente, sempre vai ter esse pessoal que não tem senso de humor e não consegue levar nada na brincadeira… mto menos que não percebe que se desse uma olhada num blog como o seu de vez em quando teria o humor bem melhor xD

    anyway, são coisas que a gente tem q relevar né? fazer o q .-.

    Curtir

  6. tsutomu 22/09/2010 às 21:49 #

    Desculpa pq mesmo hein? O blog é teu…
    Esse povo devia estar era feliz pq vc fez propaganda deles pra muitos otakus que podiam não conhecer a iniciativa do Jogo Justo. Aí eles mesmos vem manchar a própria imagem usando de autoritarismo pra cima do blog dos outros…
    O cara diz que vc não sabe ler, mas ele aparentemente não sabe nem do que esse blog trata. Não sei nem como ele se deu ao trabalho de responder esse seu post! Amigo, aprenda a ler você!
    Tava até empolgado com essa história do Jogo Justo. Agora, se não existe um pingo de bom senso dos responsáveis pela campanha ao encarar um post de um blog brasileiro de humor sarcástico, o que será que vem por aí, né… É ver pra crer.

    Curtir

  7. David Denis 22/09/2010 às 22:03 #

    Sou jornalista há nove anos, fui coordenador-geral do Anime Friends por seis e escrevi para mais de 200 revistas como a Mundo OK, Neo Tokyo e a Crash.

    Por comentários como “Não dei permissão para brincarem com um tema tão sério quanto este” que fico cada vez mais incomodado e indignado com a postura das pessoas em relação ao “jornalismo de humor”.

    Com brechas assim que os programas de humor foram proibidos de fazerem piadas com políticos. A graça do humor é não precisar de permissão, não ser politicamente correto e não ter censura.

    Sinto muito ler um comentário como o do Sr. Moacyr em um blog tão alegre e divertido como este.

    Mas adorei a maneira como o texto de “desculpas” foi encerrado, mostra todo o talento da dona do blog de dar a volta por cima.

    Parabéns Mara! Foi ótima sua crítica original ao projeto e bem pertinente.

    Conheci esta campanha no Anime Friends, pesquisei, questionei alguns amigos, e exercendo meu direito de dar uma opinião pessoal sobre o tema fiz questão de NÃO assinar a petição.

    Novamente, muito sucesso e felicidades com o blog!

    Curtir

  8. Denys Fantasma Almeida 22/09/2010 às 23:07 #

    “não dei permissão para brincarem com um tema tão sério quanto esse…”

    Sei nem o que comentar sobre isso. Se esse cara tem alguma noção ele viria aqui pedir desculpas pelo comentário mais infeliz da internet em 2010. “Permissão”? Sério?! “Permissão”? Isso é jogo justo? As pessoas esquecem que estamos em um país democrático, ninguém precisa pedir autorização para criticar algo sem difamar. Acho que é por isso que coisas como a lei contra o humoristas/políticas é passada. Infelizmente.

    No mais;

    “Eu apoio do Jogo Justo”
    Neymar sobre o Jogo Justo

    (Vai, essa montagem ficaria muito engraçada xD)

    Gyabbo!

    Curtir

  9. boogiepop 22/09/2010 às 23:18 #

    games são ENTRETENIMENTO. Entretenimento que move montanhas de dinheiro e coisa e tal, mas não passa de hobby e diversão. Tem gente que ganha dinheiro com isso? Lógico, so what? O propósito continua sendo o lúdico e vemos que isso é cada vez mais verdade com o enorme número de jogos e consoles casuais existentes, que aumentaram ainda mais as vendas.

    Coisa séria pra mim é eleição, consulta médica e tal, mas talvez seja questão de opinião.

    Curtir

  10. Ryo Hazuki 22/09/2010 às 23:29 #

    Caro mancebo, entenda que o projeto é uma coisa e o dia do jogo justo é apenas uma demonstração do que o projeto tem como objetivo.

    Curtir

  11. sdvsdvdsfv 23/09/2010 às 00:37 #

    eu ri de você ficar putinha por ter sido criticada.

    Curtir

  12. Power Otaku ^_^x 23/09/2010 às 00:55 #

    Ainda bem que não era a Xuxa. Se mecha com ela, “Mexeu comigo”, não, comigo não, talvez com o meu sobrinho de 8 anos… XP

    Curtir

  13. ryouma 23/09/2010 às 01:12 #

    Acho q deram muita atenção para uma piada feita por alguém q não entende muito do assunto.

    A própria dona do blog admite não entender nada de games.

    Curtir

  14. Wakashimazu 23/09/2010 às 02:17 #

    Eu sei muito bem disso, mas acho que vc não percebeu que o dia sme imposto vai ser O dia, pro projeto ter mais chances de virar realidade ou continuamos best friends do Alcohool 120%, fica a dica!

    Curtir

  15. boogiepop 23/09/2010 às 02:27 #

    droga Mara, descobriram o seu segredo! acho que você vai ter que fazer que nem o campeão ali em cima disse e apagar o seu blog…

    …ou podemos continuar dando risada com gente que não sabe o que é piada. beijos ;*

    Curtir

  16. Apo 23/09/2010 às 07:49 #

    A crítica ao projeto é realmente válida. Porque realmente é um reflexo do que aocorre no Brasil. Os grandes lançamentos sempre ficam com um preço mais alto (mesmo quando são antigos como no caso Metal Gear Solid 4 que custa 110 reais quando outros jogos mais fracos custam 89,90). Os lojistas são seletivos quanto aos jogos que ficam baratos, porque sabem quais que vendem mais. Mexer com os lojistas cobrar deles preço justo aos jogos é fácil, agora persuadir o governo a diminuir os impostos para esse tipo de produto é que são elas.

    Curtir

  17. Apo 23/09/2010 às 07:50 #

    Não é um dia que vai tornar os preços dos games justo. Tem que haver boa vontade dos governantes para não só ter o preço dos games justo, como o do cinema, dos livros, dos dvds.

    Curtir

  18. Carlos Queiroz 23/09/2010 às 09:08 #

    O texto não foi mal escrito.

    Vc que é burro e não entendeu.

    Seu FDP

    Curtir

  19. Macki 23/09/2010 às 13:17 #

    Nossa, quanta agressividade. Não é a toa que se discute se os games podem incitar a violência, acho que neste caso específico, vemos que os games estão criando uma situação em que os gamers tornam-se violentos.

    Toda crítica é válida, independente de ser feita por um grande estudioso do assunto ou um mero mortal ignorante, afinal, são pontos de vista diferentes que podem contribuir para o enriquecimento da discussão e para a melhoria do processo proposto.

    Infelizmente nem todo gamer e nem todo otaku gosta da filosofia da Nação da Liberdade, Igualdade e Fraternidade (que parece faltar), mas lembre-mos do grande, e sarcástico, Voltaire quando diz “Não concordo com uma palavra que dizeis, mas defendo até a morte vosse direito de dizê-lo”.

    Alias, acho que um pouco de luz não faria mal (piadinha malfadada ligando o iluminismo francês à iluminação das almas perdidas =P).

    Dou meus parabéns para a autora do blog, afinal, um bom blog não é apenas aquele que nos informa e que nos faz rir, mas também é aquele que nos faz pensar e nos faz discutir, sejam assuntos importantes como educação e saúde, sejam assuntos menos importantes, como videogames (que apesar de representaram grande parte de determinados PIBs das nações mais favorecidas, também são itens considerados, pela economia, como itens supérfluos e zzZzzzz [poderia continuar, mas não].)

    Mas concordo com o dia do Jogo Justo, e acho que deveriam dar PRIORIDADE aos jogos educativos, em especial os que ensinam boas maneiras e o convívio em sociedade ^^

    Curtir

  20. Carol Himura 23/09/2010 às 14:31 #

    Eu ia fazer uma piada, mas não fui autorizada ;D

    Interessante como as pessoas que mais se consideram “sérias” e “inteligentes” são as mais intolerantes.
    Seria legal, então, que elas também estudassem um pouco mais de português!!! #prontofalei

    Eu também queria que os livros tivessem o preço reduzido, já que nem impostos incidem neles. E achoq que isso é, no mínimo, tão importante quanto diminuir preços de games. Onde eu assino?

    E também dou os parabéns pra Mara, a reviravolta foi emocionante! =D

    Curtir

  21. Carol 23/09/2010 às 14:33 #

    Que cara babaca, fala sério D:

    #comentariocurto

    Curtir

  22. Fabio sakuda 23/09/2010 às 14:34 #

    De boa? Caguei pro Jogo Justo! E caguei pra toda discussão! Mas a piada foi boa e ficou melhor ainda quando o próprio peixe caiu na rede. Troll ganha com a atenção do povo.

    Curtir

  23. Denis (Turma da Buzina) 23/09/2010 às 14:35 #

    Quem escreve nessa merda de blog tem quanto anos? 12? Pq pra ficar falando assim tão ridicularmente e com esse jeito de criançona só pode ser nessa faixa de idade.

    Curtir

  24. Nelson Henrique 23/09/2010 às 14:38 #

    Bem, foram comentários infelizes dos dois lados mas o melhor seria deixar pra lá mesmo, a não ser que ainda venha a render uma boa piada, hehehe! Mas eu fiquei intrigado agora com o que o David Denis comentou, de que não assinou a petição, será que haveria problema em dizer aqui a causa? É sempre bom ver as coisas de outro ângulo e eu gostaria de saber a opinião dele sobre o Jogo Justo. Porém eu assinei e torço pra dar certo. Abraços a todos!

    Curtir

  25. Paulo 23/09/2010 às 14:47 #

    Acho que o pessoal dos comentários ainda não entendeu que a brincadeira era tirar um sarro do texto mal-escrito no site do Jogo Justo… Mas se for pra falar sério, a Mara devia cobrar o merchan do Moacyr agora porque foi graças a postagem dela que muita gente ficou sabendo desse projeto. Hu hu hu hu

    Curtir

  26. Rikki Kitsune 23/09/2010 às 14:51 #

    E pelo visto esse post é mais um sucesso de comentários.
    Sinceramente, MINNA? Deixem a tia Mara em paz!

    Curtir

  27. Mauricio 23/09/2010 às 15:02 #

    Sempre questionei realmente esse “Jogo Justo”, acho muito mais jogada de marketing do que qualquer outra coisa, esse tio “Moacyr” ta usando pra se promover, não sei qual intuito, mas esse projeto logo logo vai pra gaveta, e ninguém mais vai ouvir falar dele.

    Curtir

  28. OtakuLouco 23/09/2010 às 15:36 #

    Eu não fico lendo os comentario e perdi a festa. Caramba se a JBC e a Panini resoverem responder a Mara vai estar perdida.

    Isso só prova que o blog está tendo uma boa visibilidade, e o cara se preocupou com a imagem dele, mas a abordagem dele foi #Fail.

    Agora minha opinião pessoal?

    Puta que ME pariu, que viadagem da porra, falar mal dos outros é um direito de todo mundo. Falem mal, falem bem.. mas falem de mim.

    Curtir

  29. Macki 23/09/2010 às 15:56 #

    Concordo, sempre existe uma razão para as coisas, ninguém faz nada pelo “bem da humanidade”. Se fosse assim, o mundo não estaria como está. É óbvio que há interesse do idealizador do projeto, um interesse maior do que proporcionar “jogos justos” para todos.
    Não temos como saber qual é, mas sendo ele administrador e contador fica um pouco mais fácil de especular quais interesses existem. Anyway, um estudo desses fica para a posteridade =P

    Curtir

  30. Ryo Hazuki 23/09/2010 às 16:15 #

    Sim, é o típico pensamento “terceiro mundista”. Educação, saúde e trabalho. A vida é muito mais que isso!

    Curtir

  31. mikie-chan 23/09/2010 às 16:23 #

    Opinar à respeito de qualquer coisa, seja falando mau ou bem é um direito de todos, está garantido na Constituiçõa brasileira (direito de livre expressão). O ruím é que nem todo mundo conhece este “livrinho descartável” ou o ignora por completo de má fé mesmo, como um certo casal… ops!

    E pensando bem, se for pra baixar os impostos de produtos fundamentais, por que não pede o do feijão, do arroz, do óleo de cozinha, mas… jogo de video game? Tenha a santa paciência, e ainda se considera um movimento sério? Ora, francamente! ¬¬

    Curtir

  32. Kya 23/09/2010 às 17:08 #

    Yay, mais barraco XD

    Mas danem-se esses joguinhos, eu quero um aerotrem T_T

    Curtir

  33. Rkun18 23/09/2010 às 18:26 #

    “eu quero um aerotrem”

    Seria o Kya, na verdade, o Levy Fidelix????

    Curtir

  34. boogiepop 23/09/2010 às 22:52 #

    lucro dos advertisements, as propagandinhas e links em volta do site. você não imagina o quanto isso dá dinheiro.

    pô, Mara, devia ter aproveitado e enchido esse post de “CLICK HERE” com fotos de video games e tal, teria descolado uma grana obcena.

    Curtir

  35. Aline Kachel 24/09/2010 às 09:10 #

    Pqp quanto comentário longo e aparentemente bem escrito e com conteúdo.
    Poderia fazer algum comentário com humor a respeito do assunto, mas não fui autorizada.

    (Obs.: esse pessoal falando que a Mara não precisava pedir desculpas é rp né? :D)

    Curtir

  36. David Denis 24/09/2010 às 21:55 #

    Perguntaram pq eu não assinei o abaixo-assinado… Bom, um outro usuário, sem querer respondeu o que EU também penso:

    “Mauricio respondeu: Sempre questionei realmente esse “Jogo Justo”, acho muito mais jogada de marketing do que qualquer outra coisa”

    Curtir

  37. Alohawell 24/09/2010 às 22:05 #

    Na moral moacyr vai tomar no seu CU. Projeto Jogo justo é maior PAPO FURADO essa porra nao vai dar em nada e vc ja apareceu demais seu zeh ruela…porq nao larga o pc e a internet um pouco e vai dar um coro na patroa…axo q a tua mulher ta precisando senao passa meu telefone pra ela q eu desestresso tua mulher. No mais passar bem

    Curtir

  38. imperfect_z 25/09/2010 às 12:17 #

    Pau no cu do moacyr , participo do maior forum de games do brasil e tenho muita influencia no mesmo, todos ja estamos de saco cheio desse palhaçao chamado moacyr. Volte para seu buraco e suma da internet moacyr seu panacao. Imperfect

    Curtir

  39. moacyr gazela tem cara de tartaruga ninja 25/01/2011 às 03:21 #

    axo ate legal, super valido baixar o preco de games. P mim seria otimo, pois eh meu maior hobby. Nada de filantropia, eu quero jogo barato pq eu gosto msm e pronto! Mas nunca vi projeto gamer q n visa lucro vender camisa…esse cara quer td mundo lambendo o saco dele e qdo alguem critica ou discorda dele ele fica putin. Nada a ver, tem eh q meter um pau no cu dele e fuder a esposa dele e gozar na cara dakela vagabunda! Vo comprar jogo sabado se realmente tiver barato e depois q se foda jogo justo. Se o projeto fosse bom, as lojas e fabricantes super capitalistas selvagens n estariam apoiando!

    Curtir

  40. moacyr 25/01/2011 às 03:28 #

    vou criar um novo projeto pra reducao de imposto: pau no cu do moacyr!
    E n dou autorizacao p ninguem falar mal desse projeto serio.
    To baixando o preco do toba do moacyr, ta sem imposto!
    N eh atoa q no maior forum d games do bra ele eh odiado.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: