Análise de Fotos

Análise – A Liga com Cosplayers [Parte 2]

Nyo, Minna-san! Depois do sucesso que foi a primeira parte desse post, vamos para a exclusiva segunda parte da análise do programa A Liga, agora mostrando como funciona uma competição cosplay e contando com a participação da nossa I-DO-LA-TRA-DA Petra Lion! Limpe suas lágrimas negras da sociedade, não traia o movimento punk e IKIMASU ver o resto da análise!

Rafinha Bastos diz que cada tribo defende uma coisa, e que as pessoas fazem até competições para mostrar quem se veste mais parecido com os personagens. Isso não confere, pois o Psy faz questão de sempre mudar a cor do cabelo dos personagens e colocar um leque para tornar tudo ainda mais homossexual.


Aqui temos uma genérica de Magali Jovem, uma aí de Mônica Jovem e a nossa Petra Leão de Denise Jovem. Todos nós lembramos que ela precisa sempre se manter na parte “jovem”, pois ela tem sérios problemas a respeito de sua idade. Se lembram do apresentador gatinho do Programa Login chamando ela de velha? Ele foi encontrado morto esses dias, ninguém sabe o que houve…


Agora o Psy começa a falar os lugares que ele já visitou por causa do Cosplay. Pela listagem, vimos que ele não visitou ainda nenhuma casa de sanidade mental.


Olha, vamos combinar uma coisinha com a Tia Mara? Não vamos fazer cosplay de Envy quando estamos fora de forma, estamos combinados? Porque… se no player do site da Band, que tem uma resolução comparável a um celular fotografando um ectoplasma, aparece sua barriga, quer dizer que você andou abusando do Melona!


Rafinha Bastos pergunta por que a menina tá de cosplay de Mônica, e ela fala que agora Mônica tem um mangá brasileiro. E olhem a imagem que a Band coloca para ilustrar isso… um desenho feio feito por uma pessoa com menos habilidade motora que meu priminho de 3 anos. PORRA MAURÍCIO! PORRA DENTES DESAPARECIDOS DA MÔNICA! ACIONE SEUS ADVOGADOS! PORRA!


QUERO QUE VOCÊS PRESTEM MUITA ATENÇÃO NESSA IMAGEM!!! Observe que temos uma Magali (secundária, no lado direito da protagonista), a Mônica (protagonista no centro) e a Denise (coadjuvante no canto que sobrou). Ok! Rafinha Bastos perguntou qual a principal característica dos cosplayers, quero que vocês adivinhem QUEM FOI A APARECIDA que respondeu CRIATIVIDADE primeiro e ficou sorrindo para o repórter com cara de “Acertei, professor?”.


E o Rafinha Bastos soltou a pergunta que não quer calar. A IDADE DELAS! Eis que Backl Lion conta que tem 29 anos com aquela veia saltando na testa que não conseguimos ver no Programa Login porque não tenho TV em HD. Calma, minha Lion-chan, você vai ser sempre considerada uma criança usando esse cosplay de Marimoon meets Xou da Xuxa and California Gurls.


Pietra Leona diz: “Existe idade para sonhar? Não? Então não existe idade para fazer cosplay.”

Rafinha Bastos pensa: “Pode não existir idade para sonhar, mas não quero viver nesse pesadelo que você mora


Rafinha vai então apresentar o miado concurso cosplay do evento da Yamato. Nem vou zuar o fato do apresentador não saber falar nada, apenas quero perguntar: POR QUE tem uma propaganda do tal político William Woo NO PALCO PRINCIPAL?


E aqui temos o Psy executando a parte final do Ragatanga.


Eis a prova que o evento era vazio: cadê as pessoas tentando aparecer? Era um cara da Band e não tinha nenhum Robert. No Anime Friends, se a TV Aparecida ou o Canal do Boi começam a filmar já aparece 50 otakus fazendo jutsu.

(@maisdeoitomil)

Um comentário em “Análise – A Liga com Cosplayers [Parte 2]

  1. Precisa mesmo ter muita CRIATIVIDADE pra relacionar cosplay com essa característica… você COPIA as fantasias, PELAMORDEDEUS!!!111

    Senta lá.

    Curtir

Os comentários estão fechados.