Arquivos | Cantinho do Barraco do Leitor RSS feed for this section

Cantinho do DNA do Leitor: 2ª parte da briga pelo AnimABC!!!

18 abr

Vocês abem que adoro um barraco, né? Tava rolando uma puta briga pelo AnimABC e, ao contrário de Bastard, essa história acaba de ganhar um novo capítulo.

Previously, on “Quem é o pai do AnimABC?”: O Peixoto ganhou na justiça o direito de usar o AnimABC, restando à empresa Across (pausa dramática para esse nome) criar às pressas o UPAbc (que não é um evento para o índio do Dragon Bal….

acrossabc01

AI QUE KUSO!!! Meu kareshi mandou eu instalar no meu blog o dispositivo de Piadas Ruins. Agora, toda vez que eu soltar uma piada péssima, soa um alarme e eu sou obrigada a pagar uma prenda, que é contar uma história vergonhosa da minha vida que envolva animes.

Então tá… Uma vez, quando eu tava na terceira série, eu tava numa excursão da escola para um museu.  O ônibus levou várias salas, e lembro que uma aglomeração de meninos parou do meu lado quando eu revelei que sabia todos os mantas de Shurato de cor…

Pronto, confessei…

acrossabc02

A briga entre Peixoto e Across alcançou o nível Quem Convence Ganha Mais de barraco quando a empresa de Excel Saga botou no Facebook uma nota OFICIAL sobre quem manda nessa porra. IKIMASU acompanhar pois a declaração é tipo Eensy Weensy Monster: curta e cheia de constrangimento:

acrossabc03

Blá blá blá, um monte de juridiquês. Cadê o barraco, cadê a baixaria, cadê as indiretas? Esse texto começou mais coxinha que palestra com desenhista de mangá do Burajiru. Felizmente, estavam na parte FINAL do documento:

acrossabc04

Chamou na chincha com um texto sublinhado!

AGORA A PORRA FICOU SÉRIA!

Então vamos ter dois AnimABC, porque nenhum dos dois vai largar o osso. Como será que a história termina? Veremos no próximo episódio!

Hora do DNA: Quem é o pai do AnimAbc?

28 mar

Eu tinha um sonho quando era menor. Não estou falando de ser uma daquelas que andava de patins no supermercado, porque aquilo era só uma ambição de vida, meu sonho era ter um programa de telebarraco assim como o do Ratinho. Eu confesso que um dos meus prazeres culpados (!?) era ver aqueles casos de DNA no programa dele, e agora consegui realizar o meu sonho. Isso porque vou fazer O MEU PRÓPRIO TELEBARRACO DE DNA NO MAIS DE OITO MIL!!!!

(A animação é tanta que estou conversando em caps lock com o meu kareshi pelo Facebook há umas três horas)

E o tema do barraco de hoje éééé…

abcpai01

(AnimABC, caso você não saiba ler textos em imagens)

O AnimaABC é um evento de anime que rola no ABC Paulista e é um sucesso, e agora será produzido por Sérgio Peixoto. Em seu currículo estão revistas de anime (lembra o que é isso?), um blog e diversos comentários eloqüentes no Mais de Oito Mil. Ele também ajudou a produzir o Animecon (Um evento que disputava com o Anime Friends no começo. Sempre bom lembrar o que é, afinal otaku não costuma lembrar de algo que não aparece há mais de dois anos) e agora vai tomar conta do novo Animabc.

O que aconteceu é que os dois parceiros que cuidaram dos primeiros eventos do Animabc  brigaram, e Peixoto conta que foi até o INPI registrar as coisas relacionadas ao evento em seu nome, assim como seu ex-sócio. E o instituto, que é tão ágil quanto a Lancaster Editorial, só divulgou quatro anos depois quem é o dono da marca, e ééééé….

abcpai02

(O Peixoto, caso você não saiba ler textos em imagens)

E o Peixotinho já saiu anunciando que o próximo Animabc será dele e terá seu padrão de qualidade, enquanto o outro supostamente ainda anda falando que é o dono da marca em suas redes sociais.

Sabem o que isso significa? Ou pelo menos sabem o que estamos torcendo que aconteça? BARRACO VIRTUAL!!! Desde os boletins de ocorrência da Ação Magazine eu não via um tema que pudesse gerar um rebosteio do jeito que eu gosto.

Por isso, PODE TOCAR A MÚSICA PORQUE O PEIXOTO É O PAI DO EVENTO!!!

Ratinho-nho!

O fim do mundo como conhecemos! A grande briga entre o Jbox e o Chuva de Nanquim

22 dez

Se tem algo que foi mais flopado que a entrevista da Mara no Netotin (que teve o pico de dois comentários), esse algo foi o tal fim do mundo. O mais frustrante foi a apatia das redes sociais, porque eu esperava piadas excelentes. Queria um Meia Hora e saiu um A Praça é Nossa.

Mas as redes sociais deram uma notícia linda: teve briga na imprensa especializada (pff)! Todo mundo, até aquela sua tia que ficou sabendo do fim do mundo só graças à piadinha da Patrícia Poeta na noite de quinta, sabe que rola uma admiração mútua entre o Jbox e o Chuva de Nanquim.

No Twitter, os dois sites tiveram uma pequena rusga (como eles são meus amigos eu chamo de rusga, se fosse site que eu não gostasse eu falaria que foi um arranca rabo besmo) porque o Jbox revelou o mangá de Another dois dias antes da JBC fazer seu streaming.

IKIMASU ver a troca de farpas?

jboxchunan01

Começou a discussão! Começou com uma indireta e o Jbox comprou a briga, dando um Meteoro de Sarcasmo que quebrou a Barreira do Otimismo do nosso blogueiro mais pegador da interwebs!

jboxchunan02

Assim como nos Cavaleiros do Zodíaco, os golpes do Jbox não afetam mais o Dih e ele começou a assimilar, usando as Aspas da Ironia para combater o argumento do adversário!

jboxchunan03

E agora entrou no fim do episódio, com os dois lutadores percebendo que desejam as duas coisas e formalizando as pazes através dos mesmos argumentos, que demonstram como o valor da amizade é mais importante que brigas.

Que merda de barraco. Cadê a troca de ofensas gratuitas? Cadê os Block? Cadê o Jbox falando que a velocidade da luz dele é mais rápida que a do Dih?

Essa imprensa especializada (pff) só me chateia.

***

CLIQUE AQUI e vote no 1º Troféu Imprensa Especializada (pff)

Cantinho do Barraco do Leitor – O dia em que Luís XIV criou um scanlator

27 nov

Oi, minna alienada que reclama do Fuleco embora curta uma menina chamada Kurapika, tudo bem com vocês? Comigo não, porque estou na reta final do meu inferno astral (e já avisei do sensacional concurso de banners que só vai até sexta-feira?) e estou preparando uma surpresa para daqui uns dias, por isso é sempre importante que os outros façam a pauta, e não eu.

E um dia aí teve um barraco. Quanto tempo, não é? IKIMASU para a vinhetinha!

Saudades, Márcia.

Vocês já devem ter ouvido falar do mangásproject, que é um desses sites de scans que servem para transformar erros de tradução em exigências quando o mangá é licenciado aqui. Então, um dia desses aí o perfil do Twitter fez uma brincadeira para interagir com os visitantes, e pediu para eles falarem nomes de mangás para que a pessoa por trás do Twitter dissesse a opinião.

Aí alguém perguntou o que ele achava de Ansatsu Kyoushitsu (“Classe da Assassinação” no idioma do Fuleco), e ele falou que achava pior que uma matéria sobre lavagem estomacal no Bem Estar. Ou algo do gênero.

E começou a discussão:


Se a divulgação de um mangá depende de um scanlation, acho que dá pra entender por que o mercado nacional tá essa maravilha.

Mas continuem, e por favor não apaguem os tweets, é deselegante e pega muito mal se alguém tirar um print screen.

(Valeu pela pauta, Raphael Soma)

Cristina Rocha News – Lavação de roupa suja na Ação Magazine (PARTE 2!!!)

19 ago

Vocês que são otakus e nunca namoraram na vida podem não saber, mas término de relacionamento é um saco. Fica você e seu ex competindo nas redes sociais para ver quem demonstra mais felicidade e alegria de viver, e soltando várias indiretas. Mas não é só em fim de namoro que acontece isso, porque em relações de trabalho também tá rolando a mesma dinâmica. Vide o primeiro post sobre o barraco de lavação de roupa suja da Ação Magazine (que você pode relembrar aqui).

Peraí…. “primeiro”? Sim, sim, agora sim, falei “primeiro” porque agora temos o SEGUNDO barraco da revista, com a resposta de Alexandre Lancaster às declarações de Fábio Sakuda. Tudo muito explícito para todo o público poder acompanhar, porque é assim que membros de uma revista devem se portar diante dos leitores.

Pegue a pipoca, a yogurteira Top Therm e IKIMASU acompanhar o depoimento emocionado de Alexandre Lancaster sobre os últimos acontecimentos:

O post começou normal, com Lancaster pedindo desculpas por ter sumido após o lançamento da segunda edição. E ganha 10 jujubas por ter usado uma excelente escolha de foto, mostrando como está trabalhando duro para fazer a revista prosseguir usando materiais de referência históricos, e não a primeira página do One Piece.

Reparem como ele fala de uma NOVA assessoria, que irá informar os leitores. Acho que ele podia era informar quem era a ANTIGA assessoria, aquela que fez a revista sumir da vida, para que nunca contratemos estes serviços.

Vamos continuar porque deve vir algo bom…

ZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ……

…zzzz… Opa, agora começou! Adorei o Lancaster dando uma de João-sem-braço falando “como pode alguém deixar isso na comunidade da revista”. Se Taty Piriguete estivesse aqui analisando este post, ela diria:


 “Com licença, Luciana, mas é muito fácil o Lancaster reclamar da moderação da comunidade dizendo que era ineficiente quando ele foi quem escolheu o moderador da comunidade.”.

Aí você se pergunta, mas QUEM é o tal moderador desta comunidade, o ser maléfico que permitiu que o projeto da Ação fosse vítimas de trolls da internet e pirateiros e que é a pessoa atacada por Lancaster neste post do site da Ação Magazine?

AGORA A INDIRETA VIROU JAB!

Vamos continuar que tá muito bom este discurso!

Eu adoro a ironia de quem diz não baixar o nível depois de praticamente ter dito que o outro era responsável por ferrar a comunidade online, fazer intriga e roubar o pão na casa do João. Melhor ainda ver que essas críticas tão abertas estão no SITE OFICIAL da Ação Magazine, disponível para todos nós vermos e comentarmos.

No fim do texto ele deve ter lembrado que era um post para o site oficial, ai deu uma informação que é relevante para o público: a revista será bimestral. Olha, se mensal ela já tava seguindo o estilo “É o Tchan” de lançamento (“depois de nove meses você vê o resultado”), sendo bimestral vai fazer com que a Copa do Mundo seja um evento com uma periodicidade menos espaçada que a Ação Magazine.

E lindo também ele pegar uma comunidade com milhares de pessoas e falar “agora não reconheço vocês!”. O público adora isso mesmo, a assessoria nova tá manjando muito.

Eu só acho que a Ação Magazine revolucionou mesmo o mercado. Sem ironia. Porque nunca na história dos quadrinhos pessoais tivemos uma briga de egos se tornando explícita e bem mais interessante que qualquer história publicada na revista.

Ansiosa para o próximo capítulo!

Cristina Rocha News – Lavação de roupa suja na Ação Magazine

29 jul

Além da Olimpíada de Londres, temos três temas que não são abordados pela grande mídia: animes, greve nas universidades federais e Ação Magazine. Sim, sim, agora sim, a Ação Magazine volta a aparecer no Mais de Oito Mil numa lavagem de roupa suja digna de encontro entre ex-bbbs no programa da Sônia Abrão.

A história foi contada em capítulos. Analisei a primeira edição, analisei a segunda edição e terminei cobrindo o barraco que deu na revista com a saída de Fábio Sakuda, aquele que abandonou a Ação para investir em um projeto com mais chances de sair… na Newpop.

A Ação Magazine tem uma comunidade no Facebook, que foi abandonada pelos donos e virou uma terra de ninguém onde todo mundo posta seus próprios desenhos sem anatomia, crentes que estão abafando.

Já dizia o velho ditado: “Quando o Freeza sai, os saiyajins fazem a festa“. Assim, Fábio Sakuda voltou lá para agraciar os leitores com suas revelações bombásticas sobre a Ação Magazine. Sônia Abrão, separa os seus post-its porque estas declarações vão ser campeãs de citações!

Vamos começar que a pauta tá boa!

Eu não vejo uma declaração tão bombástica desde que o Kubo falou que Blixo ia durar mais dez anos! A parte mais tensa pra mim foi ele ter ficado sabendo que tava fora da equipe durante uma premiação. Isso é tão cena de novela que fico surpresa que o Fabio não chegou no Lancaster com um sininho de empregada gritando “me serve, vadia!”.

BOMBA! A Newpop que ia publicar a Ação? Ia continuar atrasando, mas o papel seria lindo (/fãdanewpop). Legal que ele falou que o plano da Newpop atualmente é publicar volumes únicos. Gate7 manda um beijão!

Quais serão os gastos desnecessários? Seria o pagamento de multa na prefeitura de São Paulo por fazer poluição visual nas capas? Seria a compra de boinas desnecessárias para o estande durante o Festival da Grande Nação Japonesa? Revela aí pra gente, Fabinho!

Ao contrário do Fábio, eu não quero que a Ação acabe. Pelo menos não antes de sair a terceira edição, com ASSOMBRADO, da nossa roteirista favorita, a Petra Lion!

E que declarações lindas. É para colocar do lado do “O que vi da vida” da Xuxa e favoritar no coração. Parabéns a todos os envolvidos!

Cantinho do Barraco do Leitor – Aquele awkward momento em que o staff começa a brigar no meio do show

21 nov

Enquanto chegamos no ponto em que é mais fácil sair um capítulo novo do mangá do Evangelion do que o lançamento da segunda edição da Ação Magazine, pelo menos a revista parece preocupada em manter seu nome na mídia… involuntariamente.

Recentemente, os visitantes da comunidade do Facebook da Ação Magazine tiveram um barraco tão grande, mas tão grande, que daria para acabar com o problema de falta de moradia no Burajiru. Tudo começou há um tempo atrás na Ilha do Sol quando a revista anunciou os mangás que seriam publicados, e um deles era Arcabuz. Se você já não lembra de mais nada por ter misturado Mupy com Vodka, clique aqui e reveja o que falei das séries.

Arcabuz então foi cancelado por problemas desconhecidos e foi substituído por Assombrado, a nova obra de Petra Leão (aquela que faz histórias pra Turma da Mônica Jovem). Até aí nada contra, acho ótimo. Só que, na comunidade do Facebook, o autor de Arcabuz apareceu e começou a conversar com a galera, até que um dos editores da revista apareceu e o rebosteio foi coletivo.

A discussão foi IMENSA e, logicamente, foi deletada da comunidade da revista. Mas eu, que guardei o texto aqui no meu kokoro, vou mostrar os melhores momentos para vocês!

Marcio (Autor de Arcabuz)- O projeto nao esta mais ligado a Acao Magazine por decisao dos editores da mesma (nao posso falar por eles sobre a decisao).

Leitor X- Triste ver uma obra ser anunciada e cancelada antes mesmo de estrear, triste ver a Ação prevista para setembro (ou novembro) e ainda nem estar nas bancas…Estranho ver o Fabio Sakuda anunciar que o autor saiu por “motivos pessoais” mas agora o autor aqui aparecer e revelar que o gibi não vai sair porque são os editores que não querem mais…

Fábio (Co-Editor da revista)- Já que tocou no assunto, Arcabuz foi cancelado porque o roteirista não achou o talento da desenhista suficiente para seu material, isso depois de divulgado o preview e com meses de planejamento, que foram perdidos. Tentamos realocar Arcabuz, que de projeto pronto passou de novo a material a ser replanejado, e finalmente, depois de alguns eventos desagradáveis, desistimos dele por não achar que o egoismo de um artista deve estar acima do projeto em si. Até tentamos não entrar no assunto, que não é nada bonito, e conversei diretamente com o Marcio pra resolver isso. E achei que estava resolvido. Com isso, espero que esteja encerrado esse caso. É triste ver esse tipo de coisa e pra mim, é algo que nem queria ter que fazer. Por isso evitei o assunto. Mas espero que Arcabuz saia mesmo e que o Marcio tenha sucesso. Mas não comigo, sou um editor novato, inexperiente e não tenho talento pra lidar com todo tipo de artista. Prefiro os que não me dão hora extra (são 2:40, pô).

Marcio (Autor de Arcabuz)- Fabio, olha a situacao que vc me coloca: Eu estava unica e exclusivamente falando sobre o Arcabuz sem entrar no merito dos problemas e decisoes editoriais que levaram a serie a sair da revista. Como combinado, eu nao toquei nesse assunto ou qualquer outro que posso afetar a imagem da revista. Mas a partir do momento que voce escreve mentiras (porque sao mentiras, voce sabe disso.) me atacando, o que eu devo fazer? Eu poderia fazer um post gigante falando do amadorismo de vocês, contratos malucos, falta de consideração por eu estar no meu ultimo semestre do mestrado, a falta de respeito com roteiristas em geral, como vocês me desligaram do projeto SEM NEM ME AVISAREM, etc… Mas nao o fiz, nem pretendo fazer. Mas também espero que nao fiquem tentando me queimar em publico como você esta fazendo agora. Deixo a criterio dos leitores daqui quem soa mais profissional entre nos dois.

 Que barraco, minna, que barraco. Eu não vou entrar na questão de que é censura essa discussão ter sido apagada da comunidade, porque é até melhor isso, afinal é off-topic. O meu problema é isso ter sido PUBLICADO NUMA COMUNIDADE ABERTA.

Me desculpem falar isso, mas acho de um amadorismo tão grande as pessoas discutirem e resolverem seus problemas em praça pública enquanto os leitores acompanham aquilo com constrangimento e uma voz interior que grita “porrada! Porrada!”. Mas como aqui é um espaço democrático como o Superpop, proponho tanto para o Marcio quanto para o Fábio uma ACAREAÇÃO no blog.

(Já voltou do Google?)

Deixo o blog aberto para os dois venham expor suas verdades absolutas. Eu ficaria muito contente com isso.

“Por que você ficaria contente, sua gorda perebenta? Porque você é a favor da democracia e da igualdade de direitos?”

Não, leitor, eu ficaria contente porque É BARRACO! Os dos autores da Grande Nação Japonesa ainda são melhores…

Mas um dia a gente chega lá…

***

(Me siga no Twitter!)

(Já me curtiram no FACEBOOK?)

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 3.122 outros seguidores