Arquivos | maio, 2013

Comunicado Oficial sobre a falta de atualização do blog

30 mai

Sim, estou usando um título sensacionalista pela SEGUNDA VEZ seguida para avisar que o blog volta à programação normal já na semana que vem, com muitas brincadeiras, pautas e diversão (tá, isso não é garantido).

Como forma de expiar o grave crime de não atualizar esta budega, coloco o melhor comentário que recebi no post passado e que melhor explica a situação do blog:

noticiamdom

Preciso de um estagiário.

Coluna da ba-chan: Isso é racismo com otakus!

19 mai

konthebest

oi minnaaa!! Ba-chan desu!

Vou aproveitar q a minha prima se esqueceu de atualizar o blog essa semana pra falar de um assunto mto serio q eu tenho visto e queria falar com vcs faz tempos. quero falar do racismos q tao tendo com nos otakus,.

o ultimo post da mara aqui no blog tinha essa imagem aki:

http://maisdeoitomil.files.wordpress.com/2013/05/pintoso01.jpg

vcs ficaram chateados c/ isso q nem eu? pq o pessoal de evento fica chamando td mundo de nerd? a gente eh otaku!!

tem q charma d otaku pq nos eh q damos dinheiro para sustentar esses eventos enormes. se naum fosse nos otakus o anime firends ia falir!

Agora nego vem esquecer q nos otakus q sustenta isso td e vem chamar a gente de nerd. tao achando q a gente eh nerd bazingueiro? tao falando q a geente n consegue manter um evento?

Eu sou otaka e exigo q os eventos grandes q nos ajudamos a serem os melhores do mundo nos chamem de otakus tb.

VAMOS TODOS FAZER UMA PETICAO ONLINE POR MAIS RESPEITO!!! PQ SE A GENTE NAO SE RESPEITAR, NEM A UNIAO DOS OTAKUS PODE NOS SALVAR.

Deixei no ar. reflitao.

KISUS da Ba-chan

Dignidade já

15 mai

Se lembram todo aquele barraco entre os donos do Animabc? Claro que não, vocês não lembram nem qual edição de Sakura compraram mês passado por causa das capas iguais.

Então, o problema judicial envolvendo o Animabc resolveu da maneira mais sensata do mundo: o lado mais fraco da corda mudou o nome do evento e agora tá todo mundo feliz.

Aí eu fui até o site do evento pra ver se rolava alguma atração boa ou se teria só um Kageyama e Rodrigo Rossi de sempre. E não é que esse evento tá tentando fazer alguma coisa diferente? Decidiu até fazer um torneio para eleger os melhores otakus em diversas categorias. Tudo bem que eu sempre me lembro do finado programa da Ana Hickmann toda vez que alguém fala “o melhor qualquer coisa”, porque aquela dois metrão loira só sabia criar quadros disso, mas IKIMASU ver o que tem nas categorias.

pintoso01

Daí que você acessa este blog há mais de cinco anos e já pensou “esta gorda vai fazer um puta texto feminista atacando o evento por fazer um concurso de beleza para garotas nerds, isso é uma falta de rola e de louça pra lavar”.

Antes de acusar esse leitor por injúria, condenando-o a ficar eternamente vendo a transformação da Sailor Moon R, eu aviso que não vou falar do concurso da Nerd Mais Bela, e sim do Otaku mais PINTOSO.

E eu nem preciso trollar o nome, porque o Aurélio já fez questão de fazer isso por mim:

pintoso02

Aguardo cosplayers em provas de dublagem de Madonna.

As editoras de mangás são nossas mães

12 mai

Chegamos ao tradicional post do dia das mães. Mas, afinal, o que é uma mãe? Não é aquela que toma decisões que frequentemente discordamos, mas somos obrigados a aceitar porque ela é quem manda? Então as editoras de mangás são nossas mães, segundo a lógica do “Deus é amor, o amor é cego, então Stevie Wonder é Deus”.

IKIMASU conhecer todos os tipos de mães que existem, baseando-se nas editoras de mangás?

mae01

Mãe Panini

A mãe Panini é aquela que te mima, compra tudo o que você quer e só almeja a sua felicidade. Ela faz umas frescurinhas como glossários só porque tem medo que você cresça com raiva dela e nunca mais olhe em sua cara. Essa vontade de te mimar foi porque, em seus primeiros anos de mãe, ela era uma irresponsável que fez várias coisas erradas. Complexo de culpa define.

 mae02

Mãe JBC

Essa é a mãe teimosa. Diz que está acostumada a ser mãe há muito mais tempo que as outras e sempre sabe as melhores coisas para criar seus filhos. De um tempo pra cá, após mudanças no casamento, a mãe JBC tenta se ajustar à nova realidade e à competição por atenção, e para isso não pensa duas vezes em servir de novo o mesmo prato favorito do filho quantas vezes forem necessárias.

 mae03

Mãe Newpop

A mãe Newpop é ocupada demais para tomar conta dos filhos. Tem dois empregos e se lembra só às vezes que tem uma criança ali que precisa de carinho e atenção. Promete bastante coisa, cumpre quase nada e só é lembrada porque o que entrega é feito com uma “ótima qualidade”. Pelo menos é o que diz os entendidos no assunto.

 mae04

Mãe LPM

É aquela mãe que segue direitinho o que os filhos querem, mas é tão perdida e desorientada que não sabe como continuar.

 mae05

Mãe Abril

É aquela que deixou o filho dentro do carro em 2009 e se lembrou só em 2013 que tinha uma criança lá esperando. Aí ela volta, abre a janela e espera que o filho se esqueça dessa espera.

 mae06

Mãe Viz

É a mãe do seu vizinho, que sempre dá tudo do bom e do melhor e com muita variedade. Você até pede pra sua mãe imitar, mas sai uma merda.

 mae07

Mãe Conrad

Saiu pra comprar cigarros e largou os filhos cuidando da casa.

 mae08

Mãe Lancaster Editorial

Fala para as amigas que é a melhor mãe do mundo, mas na verdade só vê o filho uma vez por ano e sempre traz um presente bem desagradável.

Escolher com botão de chute >>>> vida

9 mai

A gente sabe como é dura a vida de autor de mangá da Grande Nação Japonesa. Na verdade, a gente PENSA que sabe como é e até imita almanaque de antologia achando que é só vender milhões de edições, ganhar trilhões de merchandising e viver de glamour.

A Hiromu Arakawa seguiu a carreira de sucesso da Viviane Araújo: fez muito sucesso no passado e agora conseguiu voltar à boca do povo graças à fazenda. Seu novo mangá Colher Silver é um sucesso entre a meninada jovem, mas ela deve estar com saudade de fazer umas lutinhas. Por isso ela tem um outro mangá paralelo, A lenda de Aislan Arslan.

IKIMASU ver uma imagem promocional deste mangá?

arslan01

Olha, Masami Kurumada tá aí vivo para provar que ninguém no mundo vai tacar pedra por fazer personagens de mangás parecidos, mas esse aí não tá um pouco igual demais? Como me enviou o leitor Erick, foi só um color swap do FMA, como se ele houvesse sido escolhido com o botão de chute. E ela ainda tentou disfarçar colocando a roupa da Video Girl Ai…

Realmente a dona Hiromu deve estar beeeem cansada. Pensando nisso…

sotoquerendoajudar

Nossa, nem falei nada e já veio a vinheta da nova seção que SURPREENDENTEMENTE ganhou mais um post, contrariando a expectativa dos meus leitores de que era mais fácil a Naoko Takeuchi redesenhar o mangá de Sailor Moon especialmente para o Burajiru que este blog usar seções pouco conhecidas. Como eu estava dizendo, para poupar o esforço da Hiromu, preparei uma galeria de esboços para ela usar nesse novo mangá e ficar bem relaxada:

arslan02

arslan03

arslan04

De nada, Arakawa.

Marcelinho, mangá e vinho

8 mai

Como diz o velho ditado, “tomodachi é coisa pra se guardar embaixo de sete chaves que guardam o poder das trevas”. E eu valorizo os amigos que fiz nesses anos de blog.

Tanto que recebi um release do amigo Marcelo Del Greco. Odiado pelos otakus por ter sido responsabilizado pelas gírias dos mangás da JBC, pela transparência do papel e pela Guerra do Iraque, Marcelinho agora está na editora Nova Sampa lançando mangás.

Ao contrário do que a intriga da oposição pensa, Marcelinho sempre foi muito solícito a esse blog, tendo participado de duas entrevistas (uma sobre a fase na JBC e outra sobre sua chegada na Nova Sampa)

No email mandado por ele podemos ver a capa do novo lançamento Tarareba, e a promessa da vinda em breve de Gurren Lagann e o segundo volume de Ikkitousen.

mangatarareba

Fico em dúvida sobre o que é mais surpreendente:

a) MDG ligando o foda-se e botando desprendidamente na capa que é da mesma autora de um mangá publicado pela concorrência

b) Uma editora nova nos quadrinhos conseguir títulos mais relevantes que uma Newpop ou LPM da vida.

c) Ver a autora desse blog fazer um post sem graça só para divulgar um mangá de uma véia tarada e tentar reemplacar o link de duas entrevistas com o editor.

Cadê a alternativa “todas as anteriores”?

Quem quer se constranger põe o dedo aqui, que já vai fechar

6 mai

SURPRESA!!!

Hoje vai ter uma festaaaa! Bolo e guaraná muito doce pra você-ê! É o seu anivers…. ai, não, pera… não é esse tipo de surpresa. O meu grito no começo do post foi para anunciar o SIMULADO SURPRESA DO ENEM, uma seção que andava mais esquecida que a Comix no Anime Friends.

Para você que está mais perdido que o Ryoga de Ranma ½ andando na área de estandes de touquinhas em eventos de anime eu explico, o simulado surpresa do Enem serve para cumprir a cota educativa do blog, surpreendendo o leitor com uma questão multidisciplinar.

A ponte para a questão de hoje veio do site dos Cavs, nossa fonte vitalícia de pautas constrangedoras. IKIMASU para a pergunta:

(ENEM) Com base em seus conhecimentos adquiridos no ensino médio, identifique, na foto abaixo, quem está mais constrangido com a situação:

cavaleirosconstrangidos

a) O dublador do Tenma, claro. Perceba como ele se prepara para dar uma meteorada de pégaso nas costelas do Hermes Baroli com sua mão esquerda estrategicamente posicionada.

b) O Hermes Baroli, o cara dubla o Seiya desde quando a Xuxa ainda vendia discos e tá até hoje se prestando ao mico de fazer pose de seu personagem.

c) O dublador do Koga, que se esqueceu de como é o golpe de seu personagem e preferiu fazer uma pose de corredor chegando em segundo lugar na maratona após ter perdido do Usain Bolt.

 Resposta abaixo:

Já chega de pontinhos né?

JÁ CHEGA!!!

Resposta: Alternativa D – Eu, a população do Makai, os humanos, o Guttavo Lima e você.

O meu problema com o Love Hina da JBC

5 mai

Oi, minna, tudo bem? Vou dar uma pausa nesses dias sem post para voltar com um artigo opinativo, que kuso né? Tudo começou com a segunda maior decepção do meu namoro que foi quando meu kareshi querido comprou a republicação de Love Requentina da JBC (a primeira decepção foi quando começamos a namorar e ele usava um wallpaper do Sasuke para representar a subjetividade adolescente dele). Resultado: quase terminei o namoro com ele.

“Mas Mara, sua blogueira que ainda deve a matéria do K-Pop no Gilberto Barros, por que essa republicação te incomoda tanto? Você teve algum ex que era igual ao Keitarô-kun?”

SOME DAQUI! SAI DO MEU PROGRAMA!!! EU NÃO ADMITO ALGUÉM QUE USA OS COMPLEXOS E INTRADUZÍVEIS HONORÍFICOS JAPONESES!!! NÃO QUERO MAIS VER A TUA CARA!!! BAIXARIA É VOCÊ!!! MACHO TEM PRA TODA HORA!!!

baixariaevocecristinarocha

Desculpa, minna, eu me exaltei. Mas, então, meu problema com o Love Hina é o que ele representa para o mercado de mangás. Acompanhem meu raciocínio. Quais são os motivos alegados para a JBC lançar o mangá de Love Hina? Vamos enumerar abaixo os motivos:

1- Foi um dos primeiros mangás da editora e alguns volumes são mais raros de se encontrar que notícias sobre a saúde da Ai Yazawa.

2- É muito querido pelos otakinhos, porque foi um dos primeiros animes a ser legendado e distribuído pela interwebs.

3- Tem mulheres gostosas se prestando a poses comprometedoras, fruto de uma mente doentia.

Todos esses motivos justificam uma boa venda, então a editora está certa de publicar Love Hina. Devemos lembrar que a JBC não é casa de caridade, e busca o lucro acima de tudo. O que eu vejo de errado é um detalhe bem simples: a editora está publicando isso porque não tem mais nada de relevante para publicar.

O mercado de mangás do Burajiru é movido a shonens. Isso vem desde os primeiros lançamentos dessa nova fase dos mangás, com Dragon Ball e Cavaleiros do Zodíaco. E quem é que tem os shonens mais relevantes do mundo? A Shonen Jump. E quem publica mais shonens da Shueisha? A Panini. Alguns shojos até surpreendem, mas são minoria.

jbclovehina01

Não adianta a JBC se revirar, os mais importantes shonens estão na concorrência. Seja por ter pacto com o Dabura ou por ter diversas maletas cheias de barras de ouro que valem mais que dinheiro, a Panini atualmente publica todos os medalhões: One Piece of Shit, <3 Dragon Ball <3, Naruto, Blixo, Torikocô etc… enquanto a JBC tenta convencer que está viva lançando mangás curtos (como Another e Level E) e outros que têm tanto apelo para o público geral quanto um workshop de Ikebana (estou falando de Genshiken mesmo).

A solução encontrada pela editora foi apostar em uma coisa mais forte que lançar um mangá de qualidade: o NOSTALGISMO. Não sei se vocês convivem com pessoas normais não-otakas, mas conheço muita gente que começou a comprar o relançamento de Sakura porque comprou no começo dos anos 2000.

jbclovehina02

Ao invés de RENOVAR o público (algo que é complicado demais, convenhamos), a JBC preferiu oferecer algo ao pessoal que largou o mangá por algum motivo e não tem a menor garantia de voltar a esse mundo. Afinal, essas pessoas estão comprando porque gostavam de Sakura, e não por gostar de ler mangá.  E os relançamentos continuam. Veio Samurai X, veio Love Hina, veio Death Note (esse é um outro caso já), virá Yu Yu Hakusho etc…

O meu medo é que o já deficiente mercado de mangá entre na vibe dos relançamentos. Algum leitor espertão pode falar que nos EUA eles costumam relançar muita coisa, mas comparar o nosso mercado ao deles é o mesmo que comparar Ades Maçã com Mupy de uva.

Lembro, por exemplo, de uma famosa empresa da cultura mais rica que fez muito sucesso no passado, aí nunca mais conseguiu emplacar nada e hoje em dia vive apenas de seu passado.

jbclovehina03

JBC, cuidado para não ficar cega.

Só Tô Querendo Ajudar – Mangás nacionais da Newpop

4 mai

Nesses últimos tempos com postagens minguadas que prenunciam o iminente fim do Mais de Oito Mil tenho tentado me redimir com as pessoas, porque decidi que não quero morrer com diversos inimigos e completamente amargurada na vida. Pois, como ensinou aquele grande mangá shonen de sucesso One Piece, “nakama é coisa pra se guardar do lado esquerdo do peito”. Nunca entendi porque os otakinhos não traduzem “nakama” para “amigo” ou “companheiro”, mas vai ver faz parte do keikaku deles.

MAS ENTÃO… uma das pessoas que mais peguei no pé injustamente em 2012 foi a editora Newpop. Foi pouco sensato da minha parte atacar a editora só porque há dois anos ela prometera que haveria pelo menos um lançamento mensalmente. Também foi pura implicância minha reclamar ano passado inteirinho por ela ter prometido dezesseis mangás e colocado nem 1/6 nas lojas.

Mas os tempos são outros e agora a editora está bem no conceito dos otakinhos, afinal ela lançou uns quatro mangás esse ano e deu data para tantos outros. Nada como um tanko mal revisado nas bancas para esquecermos toda a falta de respeito com os consumidores, não é minha gente? E agora eu pretendo AJUDAR a Newpop usando a minha MAIS NOVA SEÇÃO DO BLOG!!! Solta a vinheta!

sotoquerendoajudar

Nessa seção eu vou tentar ajudar as editoras da melhor forma possível, além de colocar mais uma categoria na barra lateral do Mais de Oito Mil que será usada quase nunca e inflará o conteúdo daqui! /o/

IKIMASU ver o que deu no Facebruick da Newpop?

newpopnacional01

Newpop, não precisa escrever um documento explicando o que é necessário para a publicação de um mangá nacional pela editora. Considerando o catálogo nacional de vocês composto por Zucker…. e pelo anúncio de Hansel e Gretel…. e de um anúncio do Fábio ex-Ação-Magazine Sakuda…. EUZINHA preparei o documento do que é necessário para publicar um mangá na editora. É só colocar no site de vocês e correr pro abraço.

newpopnacional02

De nada, Newpop.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 3.119 outros seguidores